Loading...
Loading Live Scoring...
*All times CAT (GMT+2)

Football | Futebol Angolano - Girabola

Swansea goleia Bradford na final da Taça



Swansea City, da Primeira Liga, clinicamente emagou, por 5-0, o Bradford, da quarta categoria, para a Taça da Liga -Capital One durante a final da Taça, realizada no domingo e que serve para assinalar o seu centenário com honra e dignidade.

Com dois golos de Nathan Dyer, um de Michu e uma grande penalidade e um tento tardio de Jonathan de Guzman terminou aventura do Bradford na Taça, qual conto de fadas em que se tornou a primeira equipa da quarta divisão a chegar a uma grande final do Futebol Inglês há mais de meio século.

O guarda-redes do Bradford, Matt Duke foi expulso no início do segundo tempo por derrubar De Guzman antes do holandês marcar o penalti, após o qual o Swansea passou a registrar a maior vitória em golos marcados de sempre na Taça da Liga e garantir um lugar na próxima época da Liga Europa.

A equipa de Bradford, com o seu grande número de adeptops agitando bandeiras criaram uma memorável impressão no Estádio do Wembley mas na verdade nunca ameaçou seriamente, marcar um golo na final.

A equipa galesa, o Swansea assumiu a liderança do marcador quando Dyer marcou o seu golo aos 16 minutos e, cinco minutos antes do intervalo aumentou para dois, com uma finalização de mestre de Michu.

Dyer teve uma boa actuação nesta partida com um golo soberbo logo após o reinício do encontro.

De Guzman não cometeu nenhum erro, quando se encarregou e converteu um penalty aos 59 minutos, depois de uma discussão com o seu companheiro de equipa Dyer, que esta à procura do seu hat-trick. O meio-campista Guzman acrescentou outro tento já nos descontos.

O treinador do Swansea, Michael Laudrup afirmou: "Estou muito orgulhoso", à Sky Sports, depois de ganhar um troféu na sua primeira temporada ao comando do clube.

"Não foi nada fácil, mas depois do segundo golo, conseguiu-se ver a diferença. Acho que jogamos muito bem. Como treinador estou feliz por ganhar um troféu pela primeira vez em 100 anos."

Nunca abandonou

O Swansea dominou desde o apito inicial, enquanto Bradford, que mostrou muito valor ao eliminar grandes equipas e adversários da Primeira Liga , tais como o Wigan Athletic, o Arsenal e o Aston Villa mas na final acomodou-se e limitou-se a defender, permitindo que o adversário tomasse o comando da partida. Nunca tomou a iniciativa de atacar.

Na verdade para ter alguma chance de vencer o encontro o Bradford tinha que chegar até ao fim do primeiro tempo sem sofrer um golo. Tudo se desmoronou quando Dyer reagiu rapidamente a aproveitar uma defesa incompleta de Duque a um um tiro de Michu.

O jogo então passou a ser disputado num padrão familiar. O Swansea todo abalançado no ataque, quase à vontade e o Bradford apenas a defender com incursões esporádicas que morriam ao meio campo. Não foi surpresa nenhuma quando o Swansea fez o 2-0 aos 40 minutos.

O defesa Ben Davies iniciou a jogada com um passe para Pablo Hernandez, que então passou para Michu que rematou com o pé esquerdo, muito forte. A bola passou entre as pernas de Carl McHugh e Duke, entrando na baliza perto do poste mais distante.

Foi o seu 19º golo da temporada.

Dyer fez o 3-0 com um golo maravilhoso depois de um despique de 1 para 2 com Wayne Routledge antes de De Guzman bisar.

O Swansea, que já venceu a Taça do País de Gales por 10 vezes e no passado participou na antiga Taça dos Vencedores das Taças da Europa, agora vai ser um dos representantes da Inglaterra na próxima temporada. É um regresso à Europa, depois de 20 anos de ausência.



Comments

More expert analysis and opinion from Sport24
The opinions expressed by Sport24 experts and bloggers are theirs alone, and do not necessarily represent those of SuperSport

Event Streaming

Channel Streaming

Other Live Streaming

Event Streaming

Channel Streaming

Sports Talk



Calvin Emeka Onwuka
Premier League preview - part 1
Maybe it is a sign of my age, or an indication of how the last two seasons have been for the club I...

Dr Errol Sweeney
Ref's job becoming more difficult
What you are about to read may sound like I’m stating the obvious, but it’s true.

Segun Odegbami
Sunday's foreign choice
If a foreign coach is undesirable, what makes a foreign assistant acceptable?

Carol Radull
Is this Gor Mahia's year?
Gor Mahia is having a bit of a dream season. A total of 18 games into the season, they are unbeaten.

Sunday Oliseh
Super Eagles job: an uphill task worth taking
It is definitely the most delicate football job on the African continent and the most demanding.

Neil Tovey
Why I answered Safa’s call
I am pleased to have agreed to a deal in principle to serve as Safa’s technical director for the...